Despressurização de Cabine em Voos: Tudo o que você sempre teve curiosidade de saber

0 17

Viajar de avião é uma experiência emocionante, mas para alguns, a ideia da despressurização de cabine pode gerar preocupações. 

Embora seja uma ocorrência rara, compreender o que é a despressurização e como lidar com ela pode proporcionar tranquilidade aos passageiros. 

Neste artigo, vamos entender o que é a despressurização de cabine, as medidas de segurança implementadas e o que fazer caso isso ocorra.

Despressurização de cabine: saiba mais

O Que é Despressurização de Cabine?

A despressurização de cabine ocorre quando há uma perda de pressão no interior da aeronave. 

As aeronaves comerciais são pressurizadas para garantir que os passageiros respirem confortavelmente, mesmo em altitudes elevadas. 

Essa pressurização é essencial para a segurança e bem-estar durante o voo.

Causas da Despressurização:

Embora seja uma situação incomum, a despressurização pode ocorrer devido a vários motivos, como falha mecânica, vazamento no casco da aeronave ou até mesmo uma janela quebrada. 

Os pilotos são treinados para lidar com essas situações, e as aeronaves são equipadas com sistemas de alerta e segurança para mitigar os riscos.

Medidas de Segurança:

As aeronaves são projetadas com medidas de segurança rigorosas para garantir a proteção dos passageiros em caso de despressurização. 

Máscaras de oxigênio são instaladas acima de cada assento, e os passageiros são instruídos a colocá-las imediatamente em caso de perda de pressão. 

As máscaras fornecem oxigênio suficiente para manter a respiração normal até que a aeronave atinja uma altitude segura ou até que a situação seja resolvida.

Procedimentos dos Tripulantes de Cabine:

Os membros da tripulação são treinados para lidar com emergências, incluindo despressurização. 

Eles seguirão protocolos específicos para garantir a segurança dos passageiros, fornecendo orientações claras sobre o uso das máscaras de oxigênio e mantendo a calma para tranquilizar os viajantes.

Reação dos Passageiros:

É compreensível que a ideia de despressurização cause ansiedade. No entanto, é crucial permanecer calmo e seguir as instruções da tripulação. 

A despressurização é uma situação para a qual as aeronaves são projetadas para lidar, e as medidas de segurança existentes são eficazes.

Prevenção e Manutenção:

As companhias aéreas investem significativamente em manutenção preventiva para garantir que suas aeronaves estejam em perfeitas condições. 

Inspeções regulares, testes e padrões de segurança rigorosos são aplicados para evitar incidentes como uma despressurização.

Veja também: Coisas que acontecem durante os voos e você nem fica sabendo.

Quais são as principais causas de uma despressurização de cabine?

A despressurização de cabine em aeronaves pode ocorrer devido a diversas razões, sendo algumas das principais causas:

1 – Falha Estrutural:

Um dos motivos mais sérios é a falha estrutural na aeronave, como um rompimento no casco. Isso pode ocorrer devido a fatores como fadiga do metal, corrosão ou danos causados por impacto.

2 – Vazamentos:

Vazamentos no sistema de pressurização podem ser causados por falhas em conexões, juntas ou até mesmo por defeitos em janelas e portas. Esses vazamentos podem levar à perda gradual de pressão na cabine.

3 – Fechamento Inadequado de Portas ou Janelas:

Se as portas ou janelas não estiverem completamente fechadas ou seladas corretamente antes da decolagem, isso pode resultar em despressurização.

4 – Falha nos Sistemas de Pressurização:

Qualquer mau funcionamento nos sistemas que controlam a pressurização da cabine, como válvulas, sensores e compressores, pode levar à despressurização.

5 – Furos ou Danos nas Janelas:

Danos físicos, como rachaduras ou furos nas janelas da aeronave, podem resultar em vazamentos de ar e contribuir para a despressurização.

6 – Erro Humano:

Em alguns casos, a despressurização pode ocorrer devido a erros humanos, como configurações inadequadas ou falhas na execução de procedimentos de pré-voo.

7 – Problemas com Válvulas de Descarga:

As válvulas de descarga são responsáveis por liberar o excesso de ar da cabine. Se essas válvulas falharem ou não funcionarem corretamente, a pressão na cabine pode ficar comprometida.

8 – Eventos Atmosféricos:

Embora seja muito raro, condições meteorológicas extremas, como tempestades severas, podem causar despressurização temporária ou danos à aeronave.

9 – Explosão ou Desintegração de Outra Aeronave:

Em casos extremos, a despressurização pode ser causada por uma explosão ou desintegração de outra aeronave nas proximidades, resultando em detritos que atingem a aeronave em voo.

É importante notar que as aeronaves são projetadas com múltiplos sistemas de segurança e passam por rigorosas inspeções e manutenções preventivas para minimizar o risco de despressurização e garantir a segurança dos passageiros e tripulantes.

Veja também: Os 5 erros mais estúpidos cometidos por pilotos que causaram acidentes aéreos.

Quais são os tipos de despressurização?

A despressurização de cabine pode ocorrer de diferentes maneiras, e os tipos variam dependendo das circunstâncias e da natureza do evento. 

Aqui estão alguns dos tipos comuns de despressurização:

Despressurização Gradual:

A despressurização gradual ocorre quando há um vazamento lento de ar da cabine para o ambiente externo. 

Isso pode ser causado por falhas nos sistemas de pressurização, vazamentos nas portas ou janelas, ou outros problemas estruturais. 

Geralmente, os passageiros e a tripulação têm tempo para responder e seguir os procedimentos de emergência.

Despressurização Súbita:

Ao contrário da despressurização gradual, a despressurização súbita ocorre de maneira rápida e imediata. 

Pode ser causada por eventos como a explosão de uma janela, uma falha catastrófica no casco ou outra situação em que a pressão na cabine é perdida de forma abrupta. 

Esse tipo de despressurização é mais raro, mas é considerado mais crítico e requer ação imediata.

Incidente com o voo da Aloha Airlines

Em 1988, um voo da Aloha Airlines sofreu uma descompressão súbita e boa parte da sua fuselagem simplesmente se desintegrou no ar. Apesar da imagem impactante acima e dos danos aos diversos mecanismos de segurança e dirigibilidade da aeronave, o comandante conseguiu pousar o avião e este grave incidente terminou com 1 morte, 8 pessoas feridas com gravidade e 57 com ferimentos leves.

Despressurização Localizada:

Em alguns casos, a despressurização pode ser localizada em uma parte específica da aeronave, como em uma seção do casco. Isso pode resultar em danos localizados, como uma perfuração. 

Os sistemas de pressurização são projetados para minimizar o impacto dessas ocorrências, mas a tripulação ainda seguirá os procedimentos para garantir a segurança.

Despressurização Reversa:

Esse tipo de despressurização ocorre quando o ar externo entra na cabine em vez de escapar. Isso pode ocorrer se as portas ou janelas não estiverem totalmente fechadas e seladas. 

Embora seja incomum, a despressurização reversa ainda representa um risco e requer ação imediata.

Despressurização Cíclica:

A despressurização cíclica envolve variações na pressurização durante o voo. Isso pode acontecer devido a problemas nos sistemas de controle de pressão, resultando em mudanças periódicas na pressão da cabine.

Despressurização devido a Vazamento de Carga Perigosa:

Em casos raros, a despressurização pode ser causada por vazamentos de carga perigosa a bordo. 

Substâncias químicas ou materiais que causam danos ao sistema de pressurização podem levar à perda de pressão na cabine.

Veja também: Os 13 comportamentos mais irritantes durante viagens de avião.

Quais são os procedimentos técnicos adotados por pilotos e comissários quando acontece uma despressurização?

Quando ocorre uma despressurização em uma aeronave, pilotos e comissários de bordo seguem procedimentos específicos para garantir a segurança dos passageiros e da tripulação. 

Os procedimentos podem variar ligeiramente de uma companhia aérea para outra, mas geralmente seguem um padrão estabelecido. 

Abaixo estão os principais passos técnicos adotados em caso de despressurização:

1. Máscaras de Oxigênio:

Os pilotos e comissários são treinados para reagir rapidamente à despressurização. A primeira ação é garantir que eles próprios estejam protegidos. 

Em caso de despressurização, os pilotos são instruídos a colocar imediatamente suas máscaras de oxigênio, que são projetadas para fornecer oxigênio em quantidade suficiente, mesmo em altitudes elevadas.

2. Declínio de Altitude:

Os pilotos iniciam imediatamente uma descida controlada para uma altitude em que a pressurização não seja mais crítica. 

Isso pode envolver uma mudança significativa na altitude da aeronave para garantir que os passageiros e a tripulação tenham acesso a níveis seguros de oxigênio.

3. Anúncio aos Passageiros:

A tripulação de cabine faz um anúncio para informar os passageiros sobre a situação e fornecer instruções sobre o uso das máscaras de oxigênio. É essencial que os passageiros sigam as instruções da tripulação para garantir sua própria segurança.

4. Verificação de Sistemas:

Os pilotos realizam verificações nos sistemas da aeronave para identificar a causa da despressurização. Eles avaliam instrumentos, indicadores e sistemas relacionados à pressurização para entender melhor a extensão do problema.

5. Comunicação com a Torre de Controle:

Os pilotos informam a torre de controle sobre a emergência e suas intenções, incluindo a altitude para a qual estão descendo. A comunicação contínua com a torre de controle é crucial para coordenar a resposta de emergência.

6. Aterrissagem de Emergência (se necessário):

Em casos mais graves, pode ser necessária uma aterrissagem de emergência. Os pilotos avaliam a gravidade da situação e decidem se uma aterrissagem é necessária antes do destino programado.

7. Assistência aos Passageiros:

Enquanto a aeronave está em descida controlada, a tripulação de cabine continua a fornecer assistência aos passageiros, monitorando o uso adequado das máscaras de oxigênio e fornecendo informações adicionais conforme necessário.

8. Pousar em Local Seguro:

Se a decisão for tomada para uma aterrissagem de emergência, os pilotos escolhem um aeroporto de destino adequado e comunicam suas intenções à torre de controle para coordenar uma chegada segura.

É fundamental destacar que os procedimentos de despressurização são parte integrante do treinamento contínuo de pilotos e comissários de bordo, visando garantir uma resposta rápida e eficaz a situações de emergência, mantendo a segurança e o bem-estar de todos a bordo.

Veja também: Os 11 erros mais tolos cometidos por mulas do tráfico de drogas nos aeroportos.

O que os passageiros devem fazer em caso de despressurização da cabine do avião?

Em caso de despressurização da cabine de uma aeronave, os passageiros devem seguir prontamente as instruções fornecidas pela tripulação de cabine e agir de acordo com os procedimentos de emergência. 

Aqui estão as principais orientações para os passageiros em uma situação de despressurização:

Máscaras de Oxigênio:

O passo mais crucial é colocar imediatamente a máscara de oxigênio assim que ela for liberada. 

As máscaras são localizadas acima de cada assento e são ativadas automaticamente em caso de despressurização. 

Puxe a máscara em direção ao rosto, ajuste a tira elástica ao redor da cabeça e respire normalmente. 

Certifique-se de ajustar a sua máscara antes de ajudar outras pessoas, incluindo crianças.

Mantenha a Calma:

É natural sentir uma aceleração cardíaca ou leve sensação de pânico em situações de emergência. 

No entanto, manter a calma é essencial. As aeronaves são projetadas para lidar com despressurizações, e a tripulação está treinada para guiá-lo com segurança através do processo.

Siga as Instruções da Tripulação:

Escute atentamente as instruções da tripulação de cabine. Eles fornecerão informações essenciais sobre a situação e orientações sobre como proceder. Isso pode incluir mais detalhes sobre o uso das máscaras de oxigênio, bem como outras medidas de segurança.

Posicione-se Corretamente:

Assim que estiver usando a máscara de oxigênio, permaneça em sua posição sentada e com o cinto de segurança afivelado. Isso ajuda a manter a estabilidade durante a descida da aeronave para uma altitude segura.

Não Tente Abrir Portas ou Janelas:

Em uma despressurização, as portas e janelas da aeronave são seladas e trancadas automaticamente. Não tente abrir portas ou janelas, pois isso pode comprometer ainda mais a segurança.

Não Remova as Máscaras Prematuramente:

Mantenha as máscaras de oxigênio durante todo o tempo em que forem necessárias. Não as remova prematuramente, mesmo que você esteja se sentindo bem. 

As máscaras são projetadas para fornecer oxigênio suficiente até que a aeronave atinja uma altitude onde a respiração sem assistência seja segura.

Siga as Instruções de Pousar:

Se a situação exigir uma aterrissagem de emergência, siga as instruções da tripulação de cabine para a posição de pouso de emergência. Mantenha-se em sua posição sentada e com o cinto de segurança afivelado até que a aeronave pare completamente.

Não Entre em Pânico:

Evite entrar em pânico e incentive outros passageiros a fazer o mesmo. O treinamento da tripulação e os sistemas de segurança da aeronave são projetados para lidar com essas situações e proporcionar segurança aos ocupantes.

Lembrando que os procedimentos específicos podem variar ligeiramente entre as companhias aéreas e o nível da emergência, por isso, é crucial prestar atenção às instruções fornecidas pela tripulação de cabine em cada voo. 

Ficar informado e seguir as orientações pode ajudar a garantir a segurança e o bem-estar de todos a bordo.

Em caso de despressurização, quais são os principais sintomas e problemas de saúde que podem acometer os passageiros?

A despressurização da cabine em uma aeronave pode levar a uma série de sintomas e problemas de saúde para os passageiros devido à diminuição da pressão atmosférica. 

No entanto, é importante ressaltar que os sistemas de segurança e as medidas de emergência são projetados para minimizar esses riscos. 

Aqui estão alguns dos principais sintomas que os passageiros podem experimentar em caso de despressurização:

Hipóxia:

A hipóxia é uma condição causada pela falta de oxigênio no corpo. Em uma despressurização, a quantidade de oxigênio disponível para a respiração pode diminuir, levando à hipóxia. 

Os sintomas incluem confusão, tonturas, dificuldade de concentração e falta de coordenação.

Dificuldade Respiratória:

Com a diminuição da pressão atmosférica, a disponibilidade de oxigênio também diminui. Isso pode levar a uma sensação de falta de ar ou dificuldade respiratória, especialmente se a despressurização for rápida.

Dor nos Ouvidos:

A despressurização pode causar desconforto nos ouvidos devido à diferença de pressão entre o interior do ouvido e a pressão ambiente. Bocejar ou engolir pode ajudar a equalizar a pressão e aliviar esse desconforto.

Dores de Cabeça:

A falta de oxigênio pode contribuir para o desenvolvimento de dores de cabeça. Este é um sintoma comum em condições de baixa pressão atmosférica.

Náusea e Vômitos:

A hipóxia e a diminuição da pressão atmosférica podem causar náusea e, em alguns casos, vômitos. Esses sintomas estão relacionados à resposta do corpo à falta de oxigênio.

Confusão Mental:

A falta de oxigênio no cérebro pode levar à confusão mental, dificuldade de raciocínio e problemas de cognição. Os passageiros podem se sentir desorientados e ter dificuldade em tomar decisões.

Desmaio:

Em casos mais graves, a falta significativa de oxigênio pode levar ao desmaio. Isso é uma resposta crítica do corpo para preservar o oxigênio disponível para os órgãos vitais.

É fundamental ressaltar que, embora esses sintomas possam ocorrer em casos de despressurização, as aeronaves comerciais são projetadas com sistemas de pressurização para manter condições seguras de pressão na cabine. 

Além disso, as máscaras de oxigênio são fornecidas para os passageiros em caso de despressurização, permitindo que respirem oxigênio suplementar até que a aeronave atinja uma altitude segura.

Os procedimentos de emergência e o treinamento da tripulação são implementados para lidar com despressurizações e minimizar os riscos à saúde dos passageiros. 

Em caso de despressurização, é crucial seguir as instruções da tripulação e usar as máscaras de oxigênio fornecidas para garantir a respiração adequada.

Veja também: Como é o funcionamento de um avião e como essas máquinas se sustentam no ar.

Conclusão:

A despressurização de cabine, embora rara, é uma situação que as aeronaves modernas são capazes de enfrentar com eficácia. 

Compreender as causas, as medidas de segurança implementadas e como reagir pode ajudar os passageiros a se sentirem mais confiantes ao viajar de avião. 

Em última análise, a segurança é a principal prioridade das companhias aéreas, e elas estão equipadas para lidar com uma variedade de situações emergenciais, proporcionando viagens seguras e tranquilas para todos os passageiros.

Para finalizar

Se o nosso conteúdo te ajudou, você pode nos retribuir a ajuda contratando alguns dos serviços de viagem utilizando nossos links afiliados. Você não paga nada a mais por isso e nosso site recebe uma pequena comissão.

Obrigado e boa viagem.

Artigos úteis em viagens

Passagens aéreas

Hospedagem em qualquer lugar do mundo

Aluguel de carro em quase todos os países

Seguro viagem

Tickets, passeios e experiências

Passagens de ônibus no Brasil

Deixe uma resposta

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies