Os 17 países mais baratos para o brasileiro viajar em 2024

0 1.029

Os 17 países mais baratos para o brasileiro viajar em 2024

Viajar é uma das experiências mais enriquecedoras da vida. Contudo, é importante estar atento ao orçamento e selecionar destinos que ofereçam uma boa relação custo-benefício. 

Para os brasileiros que buscam aventuras internacionais sem gastar muito, aqui estão os 17 países mais baratos para visitar em 2024:

Quais são os 17 países mais baratos para o brasileiro viajar em 2024?

Vietnã

  • Descrição: O Vietnã é um país de paisagens deslumbrantes, desde as montanhas de Sapa até a icônica Baía de Halong.
  • Atrações: Passeios de barco em Halong Bay, mercados de rua em Hanói, e as antigas ruínas de My Son.

Bolívia

  • Descrição: Terra de paisagens diversas, da Amazônia aos Andes.
  • Atrações: Salar de Uyuni, La Paz, Santa Cruz de La Sierra e o Lago Titicaca.

Nepal

  • Descrição: O país é famoso por suas montanhas magníficas, incluindo o Everest.
  • Atrações: Trekking nos Himalaias, explorar Katmandu e visitar Lumbini, local de nascimento de Buda.

Camboja

  • Descrição: Uma joia do Sudeste Asiático com uma história rica.
  • Atrações: Templos de Angkor Wat, Phnom Penh e as praias de Sihanoukville.

Paraguai

  • Descrição: Um vizinho sul-americano frequentemente subestimado.
  • Atrações: As ruínas jesuíticas de Trinidad, Assunção e o mercado de Ciudad del Este.

Macedonia do Norte

  • Descrição: Pequeno país dos Bálcãs com lagos e montanhas de tirar o fôlego.
  • Atrações: Lago Ohrid, Skopje e o Parque Nacional Galicica.

Índia

  • Descrição: Uma terra de diversidade cultural, espiritualidade e contrastes.
  • Atrações: Taj Mahal, Jaipur, Varanasi e a exuberante região de Kerala.

Nicarágua

  • Descrição: País da América Central com vulcões, lagos e praias.
  • Atrações: Granada, Ometepe Island e as praias de San Juan del Sur.

Bulgária

  • Descrição: Na encruzilhada da Europa, oferece história e natureza.
  • Atrações: Sofia, Plovdiv e a costa do Mar Negro.

Armênia

  • Descrição: País montanhoso do Cáucaso com história antiga.
  • Atrações: Yerevan, o Templo Garni e o mosteiro de Khor Virap.

Mongólia

  • Descrição: Vastas paisagens e cultura nômade rica.
  • Atrações: Ulaanbaatar, o Deserto de Gobi e a festa Naadam.

Bangladesh

  • Descrição: País densamente povoado com uma cultura rica e amigável.
  • Atrações: Dhaka, Sundarbans e a praia de Cox’s Bazar.

Bielorrússia

  • Descrição: País da Europa Oriental com florestas e história.
  • Atrações: Minsk, o Castelo Nesvizh e o Parque Nacional Belovezhskaya Pushcha.

Guatemala

  • Descrição: Berço da civilização maia e natureza exuberante.
  • Atrações: Tikal, Antígua e o Lago Atitlán.

Geórgia

  • Descrição: No cruzamento da Europa e Ásia, com paisagens e vinhos incríveis.
  • Atrações: Tbilisi, Uplistsikhe e a região vinícola de Kakheti.

Filipinas

  • Descrição: Arquipélago com praias deslumbrantes e águas cristalinas.
  • Atrações: Palawan, Cebu e as colinas de Chocolate em Bohol.

Uzbequistão

  • Descrição: Um tesouro da Rota da Seda com cidades antigas e arquitetura esplêndida.
  • Atrações: Samarcanda, Bukhara e Khiva.

Estes países não só oferecem valor pelo seu dinheiro, mas também experiências únicas e autênticas. Embora sejam mais acessíveis, não comprometem a beleza e a cultura que os viajantes buscam. Felizes viagens!

Veja também: Quais são os melhores destinos de ecoturismo no Brasil.

Países da Ásia baratos  para viajar em 2024

Por que visitar o Vietnã?

O Vietnã é um país de grande diversidade e beleza natural, combinando uma rica tapeçaria de culturas e paisagens. Aqui estão algumas razões pelas quais vale a pena considerar o Vietnã como seu próximo destino de viagem:

  • Belezas Naturais: O Vietnã é lar de uma variedade de paisagens deslumbrantes. Desde as espetaculares formações cársticas da Baía de Halong até as terras altas da região central e as águas cristalinas da costa.
  • História e Cultura: Com milênios de história, o Vietnã oferece uma rica tapeçaria cultural. Ruínas de antigas civilizações, vestígios da era colonial francesa e locais marcantes da Guerra do Vietnã são apenas algumas das muitas atrações históricas.
  • Culinária: A culinária vietnamita é reconhecida mundialmente por sua complexidade, frescor e sabor. Delícias como “pho”, “banh mi” e “goi cuon” são apenas a ponta do iceberg de uma vasta culinária.
  • Valor pelo Dinheiro: Em comparação com muitos outros destinos turísticos, o Vietnã oferece uma excelente relação custo-benefício. Acomodações, refeições e atividades muitas vezes são significativamente mais baratas do que em outros lugares.
  • Pessoas Amigáveis: Os vietnamitas são conhecidos por sua hospitalidade e cordialidade. Muitos visitantes se surpreendem com a calorosa recepção e a genuína curiosidade dos locais.
  • Artesanato e Compras: Desde lanternas feitas à mão em Hoi An até os intrincados bordados das tribos das montanhas do norte, há uma abundância de artesanato único para levar como lembrança.
  • Aventura e Esportes: Para os amantes da natureza e aventura, o Vietnã oferece trekking em Sapa, espeleologia em Phong Nha, kitesurfing em Mui Ne e muito mais.
  • Diversidade Etnocultural: O Vietnã é lar de 54 grupos étnicos distintos, cada um com suas próprias tradições, vestuários e celebrações.
  • Herança Mundial da UNESCO: O país abriga vários locais reconhecidos como Patrimônio Mundial, incluindo a Baía de Halong, o Santuário de My Son e a cidade antiga de Hoi An.
  • Facilidade de Viagem: Com uma infraestrutura turística em rápido desenvolvimento e uma variedade de opções de transporte, viajar pelo Vietnã tornou-se mais fácil e conveniente do que nunca.

Por que visitar o Nepal?

Localizado nos majestosos Himalaias, o Nepal é uma joia de diversidade cultural, aventuras ao ar livre e espiritualidade. Aqui estão algumas das muitas razões pelas quais o Nepal deve ser considerado como um destino de viagem:

  • Trekking nos Himalaias: O Nepal é famoso por algumas das melhores trilhas do mundo, incluindo a trilha para o Acampamento Base do Everest, o Circuito Annapurna e o Langtang Valley. Cada rota oferece vistas deslumbrantes das montanhas e uma chance de mergulhar na cultura local.
  • Riqueza Cultural e Histórica: O vale de Kathmandu é repleto de templos, stupas e palácios antigos. Locais como Swayambhunath (Templo dos Macacos), Pashupatinath e Durbar Square são cheios de história e significado.
  • Espiritualidade: O Nepal é um caldeirão de tradições hindus e budistas. Lumbini, o local de nascimento de Buda, é uma parada obrigatória para aqueles em busca de paz e iluminação.
  • Biodiversidade: Além das montanhas, o Nepal tem parques nacionais como Chitwan e Bardia, onde os visitantes podem avistar rinocerontes, tigres, elefantes e uma variedade de aves.
  • Aventura: Além de caminhadas, o Nepal oferece oportunidades para rafting, parapente, montanhismo e mountain biking.
  • Gastronomia: A comida nepalesa é uma deliciosa fusão de influências indianas e tibetanas. Pratos como momo (dumplings), thukpa (sopa de macarrão) e dal bhat (arroz e lentilhas) são imperdíveis.
  • Hospitalidade: Os nepaleses são mundialmente conhecidos por sua hospitalidade calorosa e amigável. A maioria dos visitantes sai do Nepal com memórias de interações significativas com os locais.
  • Festivais: Com um caldeirão de etnias e religiões, quase sempre há algum festival sendo celebrado no Nepal. Participar de um deles pode ser uma maneira incrível de mergulhar na cultura local.
  • Valor pelo Dinheiro: O Nepal é um destino de viagem relativamente acessível, com opções de hospedagem e alimentação para todos os orçamentos.
  • Experiência Autêntica: Em muitas áreas do Nepal, a vida continua como tem por séculos. Visitar aldeias remotas e participar de suas tradições diárias oferece uma janela para um modo de vida raramente visto em partes mais modernizadas do mundo.

Veja os 13 destinos mais baratos para lua de mel no Brasil

Por que visitar o Camboja?

O Camboja é um destino que cativa e encanta seus visitantes com sua rica tapeçaria histórica, maravilhas arqueológicas e uma cultura vibrante. Aqui estão algumas razões notáveis para considerar o Camboja como seu próximo destino:

  • Templos de Angkor: Sem dúvida, os templos de Angkor são o principal atrativo do Camboja. Angkor Wat é o maior e mais famoso, mas a vasta área também abriga outras maravilhas como o Bayon e Ta Prohm, famoso por suas raízes de árvores entrelaçadas nas ruínas.
  • História e Cultura: O Camboja tem uma história rica e, por vezes, tumultuada. O Museu do Genocídio Tuol Sleng em Phnom Penh e os Campos da Morte são testemunhos comoventes do passado brutal do país sob o regime Khmer Vermelho.
  • Praias de Sihanoukville e Ilhas: Para aqueles que buscam relaxamento e beleza natural, o litoral do Camboja oferece praias pitorescas e ilhas quase intocadas, como Koh Rong.
  • Gastronomia: A culinária cambojana é menos conhecida do que a de seus vizinhos, mas é igualmente deliciosa. 
  • Lago Tonle Sap: Visitar as aldeias flutuantes deste lago é uma experiência única, onde os viajantes podem ver como as comunidades locais adaptaram-se às condições do lago de forma incrível.
  • Hospitalidade: Os cambojanos são conhecidos por sua genuína hospitalidade e sorriso caloroso, fazendo com que os visitantes se sintam bem-vindos e em casa.
  • Aventura e Natureza: Para os amantes da natureza, o Camboja oferece parques nacionais e florestas, como o Parque Nacional Virachey, onde os visitantes podem caminhar e explorar a biodiversidade do país.
  • Artesanato e Mercados: Os mercados locais, como o Mercado Central de Phnom Penh e o Mercado Noturno de Siem Reap, são ótimos lugares para comprar artesanato local, sedas, especiarias e outros produtos únicos.
  • Preço Acessível: O Camboja é um dos destinos mais econômicos do Sudeste Asiático, o que permite aos viajantes desfrutar de uma variedade de experiências sem estourar o orçamento.
  • Espiritualidade: O budismo está profundamente enraizado na cultura cambojana, e há muitos mosteiros e templos onde os visitantes podem experienciar momentos de serenidade e reflexão.

Por que visitar a Índia?

  • Diversidade Cultural: Da espiritual Varanasi aos palácios de Jaipur, a Índia oferece um caldeirão de culturas.
  • Maravilhas Arquitetônicas: O Taj Mahal em Agra é apenas um dos muitos monumentos deslumbrantes.
  • Gastronomia: A culinária indiana é rica, variada e mundialmente famosa.
  • Eventos e Festivais: Do Holi ao Diwali, as celebrações são vibrantes e memoráveis.
  • Natureza: Das praias de Goa aos picos do Himalaia, a diversidade natural é impressionante.

Por que visitar a Mongólia?

  • Cultura Nômade: A Mongólia oferece uma visão única da vida nômade, com muitos mongóis ainda vivendo em tradicionais “gers” (tendas) e seguindo práticas ancestrais.
  • Festival Naadam: Este evento anual celebra esportes tradicionais como luta, tiro com arco e corrida de cavalos.
  • Deserto de Gobi: Uma vasta extensão de dunas, montanhas e fósseis de dinossauros, o Gobi é um dos últimos grandes desertos intactos.
  • Parque Nacional Hustai: Lar dos cavalos selvagens de Przewalski, uma espécie que foi reintroduzida com sucesso após a extinção na natureza.
  • Espiritualidade: Mosteiros como o Erdene Zuu oferecem uma visão do budismo tibetano no contexto mongol.
  • Vastidão e Paisagens: A extensão ininterrupta das estepes mongóis é uma experiência profundamente humilhante e rejuvenescedora.

Por que visitar Bangladesh?

  • Delta do Sundarbans: A maior floresta de manguezais do mundo, lar do tigre de Bengala.
  • Riqueza Cultural: A cidade antiga de Bagerhat tem muitas mesquitas históricas e monumentos.
  • Chá de Sylhet: As plantações de chá de Sylhet são uma visão serena de campos verdes ondulantes.
  • Hospitalidade: Os bangladeshi são conhecidos por sua calorosa hospitalidade e amizade.
  • Praias de Cox’s Bazar: Detentor do título de praia mais longa e contínua do mundo.
  • Rios e Barcaças: A vida em Bangladesh gira em torno de seus rios, e uma viagem de barcaça é uma maneira autêntica de experimentar o país.

Por que visitar as Filipinas?

  • Praias Paradisíacas: Com mais de 7.000 ilhas, as Filipinas são famosas por suas praias de areia branca e águas cristalinas, como em Boracay e Palawan.
  • Diversidade Marinha: Locais como Tubbataha Reefs Natural Park são sonhos para mergulhadores.
  • Cultura e História: Intramuros em Manila e as igrejas barrocas oferecem uma janela para o passado colonial do país.
  • Arrozais de Banaue: Estas antigas terrazas são Patrimônio Mundial da UNESCO e uma maravilha a ser vista.
  • Pessoas: Os filipinos são notoriamente amigáveis, acolhedores e têm um espírito inquebrantável.
  • Gastronomia: Experimente pratos tradicionais como “adobo”, “sinigang” e o famoso “lechon”.

Por que visitar a Geórgia?

  • Vinhedos e Vinho: A Geórgia é frequentemente referida como o “berço do vinho”, com uma tradição vitivinícola que remonta a mais de 8.000 anos.
  • Tbilisi: A capital é uma mistura cativante de arquitetura antiga e moderna, com banhos termais e uma vibrante vida noturna.
  • Ushguli: Uma das aldeias mais altas da Europa, situada no deslumbrante cenário montanhoso da região de Svaneti.
  • Mosteiros e Igrejas: Destaques incluem o Mosteiro de Jvari e a Catedral Svetitskhoveli em Mtskheta.
  • Hospitalidade: Os georgianos são conhecidos por sua calorosa hospitalidade e tradição de “supra”, ou festas tradicionais.
  • Gastronomia: Delicie-se com pratos como “khachapuri” (pão recheado com queijo) e “khinkali” (dumplings).

Por que visitar o Uzbequistão?

  • Cidades da Rota da Seda: Samarcanda, Bukhara e Khiva são joias arquitetônicas que transportam os visitantes para a era da antiga Rota da Seda.
  • Arquitetura Islâmica: Maravilhas como o Registan em Samarcanda e o Mausoléu de Ismail Samani em Bucara.
  • Hospitalidade Uzbeque: Os locais são incrivelmente acolhedores e muitos eventos tradicionais são abertos aos visitantes.
  • Gastronomia: Dishes like “plov” (um prato de arroz) e “manti” (dumplings) são imperdíveis.
  • História e Cultura: Desde a era de Tamerlão até a era soviética, o Uzbequistão é um caldeirão de influências.
  • Deserto de Kyzyl Kum: Um dos maiores desertos de areia do mundo, oferecendo paisagens espetaculares e a oportunidade de uma autêntica experiência nômade.

Por que visitar a Armênia?

  • História Antiga: A Armênia é uma das nações mais antigas do mundo, com uma rica tapeçaria de história.
  • Mosteiros e Igrejas: Como Khor Virap e Geghard, situados em locais deslumbrantes.
  • Hospitalidade: Os armênios são conhecidos por sua calorosa hospitalidade.
  • Vinícolas: A Armênia reivindica ser o berço do vinho, com vinícolas que oferecem degustações.
  • Monte Ararat: Embora esteja na Turquia, a vista do monte da Armênia é de tirar o fôlego.

Países da Europa baratos  para viajar em 2024

Por que visitar a Bulgária?

  • História Rica: De Plovdiv a Sofia, a Bulgária abriga vestígios de impérios passados.
  • Maravilhas Naturais: Os Sete Lagos de Rila e as montanhas dos Bálcãs são deslumbrantes.
  • Monastérios: Como o Monastério de Rila, Patrimônio Mundial da UNESCO.
  • Praias do Mar Negro: Costas ensolaradas e cheias de atividades.
  • Gastronomia: Experimente pratos tradicionais como banitsa e kavarma.

Por que visitar a Bielorrúsia?

  • Minsk Moderna: A capital combina a herança soviética com uma crescente cena moderna de arte, cultura e gastronomia.
  • Castelo de Nesvizh e Mir: Estes castelos, Patrimônios Mundiais da UNESCO, oferecem uma visão do passado aristocrático do país.
  • Parque Nacional Belavezhskaya Pushcha: Lar do bisonte europeu e parte da última e maior floresta primária da Europa.
  • História da Guerra: Muitas áreas, como o forte de Brest, contam histórias da resistência e sofrimento durante a guerra.
  • Hospitalidade Bielorrussa: Os locais são calorosos e acolhedores, e muitos estão ansiosos para compartilhar as belezas de seu país frequentemente esquecido.
  • Gastronomia: Pratos tradicionais como “draniki” (panquecas de batata) e “kolduny” (dumplings) refletem a rica culinária da Bielorrússia.

Por que visitar a Macedônia do Norte?

  1. Ohrid e seu lago: A cidade de Ohrid, frequentemente referida como a “Jerusalém da Europa”, é um dos destinos turísticos mais antigos do continente, com igrejas, mosteiros e uma atmosfera histórica sem igual. O Lago Ohrid, um dos lagos mais antigos e profundos da Europa, oferece uma beleza natural espetacular e é Patrimônio Mundial da UNESCO.
  2. Skopje: A capital do país tem uma mistura intrigante de novo e velho, com monumentos grandiosos, uma fortaleza antiga e o antigo Bazar Turco.
  3. Culinária Tradicional: Os pratos macedônios, como “tavče gravče” (feijão branco cozido) e “ajvar” (um molho de pimentão), são imperdíveis para os amantes da comida.
  4. Montanhas e Atividades ao Ar Livre: Com suas paisagens montanhosas, a Macedônia do Norte é perfeita para caminhadas, esqui e outros esportes ao ar livre. O Parque Nacional Mavrovo é um destaque.
  5. Vinhas e Vinho: A região tem uma longa tradição vitivinícola e é conhecida por seus vinhos saborosos e vinícolas hospitaleiras.
  6. Herança Cultural: Desde os tempos do Império Romano e do Império Otomano até a era moderna, a Macedônia do Norte possui uma rica tapeçaria de influências culturais.
  7. Hospitalidade Macedônia: O povo da Macedônia do Norte é conhecido por sua calorosa hospitalidade e gosto em compartilhar sua rica cultura e história com os visitantes.
  8. Preços Acessíveis: Em comparação com muitos outros destinos europeus, a Macedônia do Norte oferece uma excelente relação custo-benefício para os viajantes, com acomodações, alimentação e atrações a preços acessíveis.

Países da América do Sul baratos  para viajar em 2024

Por que visitar a Bolívia?

A Bolívia é um dos destinos mais intrigantes e menos explorados da América do Sul. Rico em cultura, história e belezas naturais, o país tem uma série de características únicas que o tornam um lugar fascinante para visitar. Veja algumas razões para considerar a Bolívia em sua lista de viagens:

  • Salar de Uyuni: É o maior deserto de sal do mundo, oferecendo paisagens surreais, especialmente após uma chuva, quando se transforma no maior espelho natural do mundo.
  • Riqueza Cultural: A Bolívia tem uma das populações indígenas mais preservadas da América Latina. Isso se reflete em suas tradições, música, danças e festivais, como o renomado Carnaval de Oruro.
  • História e Arqueologia: De ruínas pré-incaicas em Tiwanaku a cidades coloniais como Potosí e Sucre, a Bolívia oferece uma viagem profunda pela história sul-americana.
  • Diversidade Geográfica: Das terras altas andinas à vastidão do altiplano, dos vales férteis às florestas tropicais da Amazônia, a Bolívia abriga uma variedade impressionante de ecossistemas.
  • Lago Titicaca: Considerado o lago navegável mais alto do mundo, é lar da Isla del Sol e da Isla de la Luna, lugares sagrados para a civilização Inca.
  • Custo de Viagem: Em comparação com outros destinos sul-americanos, a Bolívia é frequentemente mais acessível, o que pode permitir ao viajante explorar mais com menos.
  • Culinária: A culinária boliviana, embora menos conhecida internacionalmente, é saborosa e diversificada. Dishes like “salteñas”, “llajwa”, and “anticuchos” are waiting to be discovered by curious travelers.
  • Parque Nacional Madidi: Um dos parques nacionais mais biodiversos do mundo, localizado no coração da Amazônia boliviana, é ideal para os amantes da natureza e da vida selvagem.
  • Aventura: Desde o ciclismo na “Estrada da Morte” até a escalada no Illimani ou o trekking no Condoriri, a Bolívia oferece aventuras para todos os níveis de coragem e habilidade.
  • Cidades Vibrantes: La Paz, a capital administrativa do país, situa-se em um cânion espetacular, e Santa Cruz, com seu clima tropical, oferece uma vibe completamente diferente.
  • Autenticidade: A Bolívia é um lugar onde as tradições ainda estão profundamente enraizadas, proporcionando uma experiência de viagem mais autêntica e menos comercializada.

Por que visitar o Paraguai?

  • Compras em Ciudad del Este: Esta cidade fronteiriça é famosa por seus preços baixos e variedade de produtos, atraindo visitantes de toda a América do Sul.
  • História e Arquitetura: Assunção, a capital, tem prédios históricos e um charme subestimado, com museus que detalham a rica história do país.
  • Ruínas Jesuíticas: As Missões Jesuíticas de Trinidad e Jesús são Patrimônio Mundial da UNESCO e são impressionantes em sua grandiosidade.
  • Custo-benefício: O Paraguai é um dos destinos mais acessíveis da América do Sul, ideal para viajantes com orçamento limitado.
  • Natureza: O Parque Nacional Ybycui é um refúgio de beleza natural, com cachoeiras e uma variedade de fauna.

Países da América Central baratos  para viajar em 2024

Por que visitar a Nicarágua?

  • Lagos e Vulcões: A Nicarágua é lar do impressionante Lago de Nicarágua e do vulcão ativo Masaya.
  • Colonial Granada: Uma das cidades mais bonitas da América Central, repleta de arquitetura colonial e charme.
  • Surf em San Juan del Sur: Um paraíso para os amantes do surfe da praia.
  • Custo-benefício: Um dos destinos mais acessíveis da América Central.
  • Reserva Natural Índio Maíz: Um dos melhores lugares para ecoturismo.

Por que visitar a Guatemala?

  • Tikal: As antigas ruínas maias de Tikal são uma das maravilhas arqueológicas mais impressionantes da América Central.
  • Antigua: Uma cidade colonial encantadora com ruas de paralelepípedos, igrejas em ruínas e um cenário de vulcões.
  • Lago Atitlán: Cercado por vulcões e aldeias indígenas, este lago é frequentemente descrito como um dos mais belos do mundo.
  • Cultura Maia: Das tradições de tecelagem aos mercados locais, a influência maia ainda é forte.
  • Semuc Champey: Piscinas naturais de calcário em cascata em uma selva exuberante.
  • Gastronomia: Pratos como “pepian” e “jocom” refletem a rica tapeçaria culinária da Guatemala.

Veja também: Quais são os países mais caros para se viajar.

Deixe uma resposta

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies