Os 9 piores perfumes masculinos e femininos

2 5.204

Para você quais são os piores perfumes?

Listas são sempre polêmicas! Quando é para criticar e elencar os piores em qualquer categoria, é pior ainda.

No entanto, elas, na maioria das vezes, são carregadas de subjetividades e de falta de critérios técnicos. Afinal como listar os piores de algo, que no final das contas, é só gosto pessoal? E é exatamente dessa forma que eu quero que você encare a lista abaixo, como algo extremamente pessoal.

Faço essa introdução já me justificando, pois já vi discussões acaloradas em fóruns de perfumes na web, justamente porque algumas pessoas se ofendem com opiniões contrárias aos seus perfumes queridinhos.

Falar mal de algum perfume é quase como xingar a mãe de alguém. 

Como eu não quero que você, caro leitor ou cara leitora, ofenda minha amada progenitora, por favor leve na esportiva e depois me diga nos comentários, quais perfumes você odeia e deveriam estar na lista. 

Sem mais conversa vamos à lista.

Os 9 piores perfumes masculinos e femininos

Angel – Feminino

Marca: Thierry Mugler

Ano de lançamento: 1992

Perfumista: Olivier Cresp e Yves de Chirin

Se a intenção é causar polêmica, porque deixá-la pra depois? Já vou começar com um grande sucesso da perfumaria mundial, que tem fãs apaixonadas no Brasil, o Angel.

O Angel é um perfume aclamado pela crítica especializada, quebrou paradigmas, foi eleito para estar no “hall da fama” da maior premiação mundial de perfumes e, a partir do seu lançamento, foi criada uma nova classificação na perfumaria, os “perfumes gourmand“.

Você deve estar se perguntando porque que um perfume com tantas referências positivas está numa lista de “piores”.

piores perfumes

Veja aqui quanto custa e como comprar o Angel.

Eu acho o Angel um perfume extremamente doce, totalmente antagônico com o clima da maior parte do Brasil e que só deveria ser usado com muita parcimônia em ocasiões específicas. E no frio, é claro.

Mas o meu ranço com o Angel tem outros dois motivos mais específicos: Uma ex sogra tomava banho desse perfume e, quando ela entrava no carro, era preciso abrir as janelas pra não morrer sufocado.

E também quando ele estava no auge do modismo, tinha muita mulher que ia para a academia usando o perfume. Calor, Rio de Janeiro e fazendo exercício, não tem como usar o Angel.

Inclusive, você pode ver aqui quais são os melhores perfumes para a academia.

Kokorico – Masculino

Marca: Jean Paul Gaultier

Ano de lançamento: 2011

Perfumista: Annick Menardo e Olivier Cresp

O Kokorico é um perfume da Jean Paul Gaultier, que eu nem mesmo sei se ainda está em linha. Pelo menos aqui pelo Brasil, nunca mais o vi.

Uma vez voltando de Buenos Aires, tinha alguma promoção no free shop, que se comprasse um valor x de algum produto, você ganhava um perfume desse de 50 ml. 

Veja bem, não era kit promocional, perfume tester ou miniatura, era o perfume original, na embalagem original.

Eu devia ter desconfiado!

O fato é que eu provei o perfume por lá, estava com pressa, achei a promoção vantajosa e comprei tudo o que precisava para ganhar a promoção, mas comprei em dobro. Ou seja, ganhei duas latas desse perfume.

Achei o perfume forte, seco, fechado e um amadeirado misturado com cacau muito forte. Realmente não deu pra mim.

Essencial – Feminino

Marca: Natura

Ano de lançamento: 1995

Perfumista: Marion Costero, Verônica Kato e Verônica Casanova

As notas cítricas de saída até dão alguma esperança, mas depois quando vêm as flores e o caramelo e almíscar no final, não existe simpatia que resista.

É um perfume floral, atalcado e amadeirado. Too much! Não rola,

Veja aqui quanto custa e como comprar o Essencial feminino.

Malbec – Masculino

Marca: O Boticário

Ano de lançamento: 2004

Perfumista: Napoleão Bastos

O Malbec original foi um lançamento em que a Boticário fez um trabalho de marketing primoroso. Ao ver as propagandas, dava vontade de conhecer a tal fragrância inspirada na produção dos vinhos.

Mas, a despeito de toda a propaganda bem feita, acabei não indo conhecer a então nova fragrância. Alguns anos depois eu ganhei uma caixa de sabonetes Malbec e me apaixonei.

Sem nem querer provar o perfume propriamente dito, eu comprei o Malbec e não consegui usar dois dedos sequer.

O perfume entrega o que promete, mas pra mim não rolou. Perfume com cheiro de madeira molhada e terra definitivamente não me agradou.

Para saber o preço e comprar o Malbec, clique aqui.

Decibel – Masculino

Marca: Azzaro

Ano de lançamento: 2011

Perfumista: Christophe Raynaud

Amargo e doce, cítrico e esfumaçado. Sinceramente, pra mim é um perfume confuso e cansativo. Violeta com limão, baunilha, vetiver e incenso não tem como dar bom.

Um perfume que combina bem a baunilha com cítricos é o CK in 2U feminino.

Volupté – Feminino

Marca: Oscar de La Renta

Ano de lançamento: 1992

Perfumista: Nicholas Calderone e Sophia Grojsman

Veja quanto custa e como comprar o Volupté.

Mais um perfume com história para contar. 

Eu não conhecia o Volupté, não o vendia em minha loja. No entanto, certa vez, chegou uma cliente dizendo que gostava muito desse perfume, que não encontrava em nenhum lugar e perguntou se teria como encomendar um para ela.

Mesmo sem consultar a importadora eu disse que sim, pedi à cliente um pequeno sinal e umas duas semanas depois chegou o bendito do perfume. O problema é que a mulher nunca mais apareceu, também não atendia os telefonemas.

Enfim, depois de mais de um ano, eu resolvi abrir o perfume para conhecer a fragrância e mostrar para alguns clientes e tentar vender a preço de custo.

Jesus, que perfume ruim. Ele cheira a percevejo.

Só consegui me livrar dele quando um outro cliente pediu um perfume para dar pra sogra, que poderia ser, segundo as palavras dele “qualquer porcaria”. Eu tinha exatamente o que ele queria.

Animale – Feminino

Marca: Animale

Ano de lançamento: 1987

Eu geralmente não gosto de perfumes que tenham rosa ou jasmim em sua composição, o Animale feminino tem os dois.

Floral demais, parece aqueles perfumes da Avon que as tiazinhas usavam na década de 80, tipo Charisma.  É um perfume sufocante.

Veja quanto custa e como comprar o Animale feminino.

Kouros – Masculino

Marca: Yves Saint Laurent

Ano de lançamento: 1981

Perfumista: Pierre Bourdon

O Kouros é um perfume datado. Aliás, o problema nem é ele ser datado, eu até tolero o Polo e o Azzaro, outros clássicos da década de 80 e gosto bastante do Jacomo de Jacomo, perfume na mesma linha bem amadeirada dessa época.

O problema do Kouros para mim, é que ele fez tanto sucesso que cansou, além do que ele tem uma característica presente em quase todos os perfumes dessa lista: sufoca.

Ele também não é um perfume recomendado para temperaturas altas. É muita madeira, jasmim, baunilha, musgo, couro e mel. É uma combinação ousada e interessante, mas não para o meu gosto.

Veja o preço e compre o Kouros aqui.

Joop! Homme – Masculino

Marca: Joop

Ano de lançamento: 1989

Perfumista: Michel Almairac

Da lista dos piores perfumes, o Joop talvez seja o único que eu teria certo apreço, se ele não fosse tão forte, invasivo e sintético.

Geralmente eu gosto de perfumes com canela, vetiver e cardamomo, que é o caso do Joop, no entanto outros elementos deste perfume o transformam em uma bomba doce e floral, com um especiado ao fundo que é o seu charme.

Veja aqui o preço do Joop e compre seu perfume.

O Joop é doce, invasivo, sufocante, sintético, tem fixação e projeção de fazer inveja em outras fragrâncias. É um perfume para quem gosta de chamar a atenção. O perfume chega primeiro que você.

Conforme eu for lembrando de outros perfumes ou experimentando novas fragrâncias, essa lista vai aumentar.

Conta pra mim nos comentários qual ou quais perfumes você incluiria neste lista de piores perfumes.

2 Comentários
  1. higor Diz

    Mais o malbec é um perfume muito foda por isso se tornou famoso

    1. Jason Brum Diz

      Sim, o Malbec é um perfume de qualidade incontestável, como quase todos os perfumes do Boticário. Ele contou também na época de seu lançamento com uma campanha de marketing bastante agressiva, isso já molda como o perfume será recebido pelo grande público. Mas como eu deixei claro, o texto é uma brincadeira e provocação, pois, no final das contas, perfume é gosto pessoal. Muito obrigado pelo seu comentário Higor.

Deixe uma resposta

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies