Foz do Iguaçu – O post mais completo para sua viagem

Como chegar, onde ficar, o que fazer, o que levar. Tudo o que você precisa fazer para passar dias incríveis em Foz do Iguaçu.

0 542

Foz do Iguaçu

As Cataratas do Iguaçu, por si só, já deveriam convencer qualquer pessoa a conhecer Foz do Iguaçu.

Porém, se o conjunto de quedas d’água dividido entre o Brasil e a Argentina, que é uma das 7 maravilhas naturais do mundo, ainda não te convenceu, então me acompanhe neste artigo, que eu vou te mostrar todas as demais atrações da cidade e arredores.

Observação: Não utilizamos propagandas para que você tenha uma melhor experiência de leitura em nosso site, mas utilizamos links afiliados.

Ou seja, se você comprar comprar qualquer produto ou serviço indicado através dos nossos links, você ajuda a manter o site no ar e não paga nada a mais por isso.

Sobre Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é considerada uma cidade de porte médio, contando hoje com população de quase 260 mil habitantes, é a terceira cidade brasileira que mais recebe turistas estrangeiros, possui ruas e avenidas largas e tem excelente infraestrutura hoteleira.

A cidade conta com 2 grandes shopping-centers, restaurantes das mais diversas culinárias, dos mais simples aos mais sofisticados, transporte público de boa qualidade e faz divisa com o Paraguai e a Argentina.

A cidade é uma das mais multiculturais do país, pois se fazem presentes no município, mais de 72 grupos étnicos, oriundos de diversos lugares do mundo.

Dentre eles, podemos destacar: hispânicos (paraguaios e argentinos), alemães, italianos, chineses, japoneses, ucranianos, árabes, turcos…

Os libaneses em Foz do Iguaçu formam a segunda maior colônia libanesa no Brasil e a cidade tem a maior comunidade islâmica em termos proporcionais do país.

Claro que Foz do Iguaçu não tem só coisas boas, por ser uma área de fronteira com dois países,sofre com grande circulação de mercadorias contrabandeadas, principalmente armas, munições, drogas e anabolizantes.

Onde fica Foz do Iguaçu e como chegar

Foz do Iguaçu é uma cidade do estado do Paraná, na região sul do Brasil, está localizado no extremo oeste do terceiro planalto paranaense, sendo o município mais a oeste do Paraná

Somente uma estrada liga o restante do Brasil à Foz do Iguaçu. Isso mesmo, para chegar até à cidade, você vai precisar passar pela BR-277.

Por que isso?

Porque Foz do Iguaçu fica em um canto do país, espremida entre a Argentina, o Paraguai, os rios Paraná e Iguaçu e o próprio Parque Nacional do Iguaçu.

Além disso, mantendo apenas uma rodovia como porta de saída e de entrada, facilita o trabalho da Polícia e Receita Federal contra o trânsito de mercadorias ilícitas.

Como a estrada é boa, você pode chegar a Foz do Iguaçu, de carro ou ônibus e também de avião.

Veja abaixo como chegar em cada um deles.

Chegando em Foz do Iguaçu de carro

Justamente por sua posição geográfica, em um canto do país, Foz é bem distante das capitais dos estados. Para se ter uma ideia, a mais próxima, Curitiba fica a 636 Km de distância.

Veja a distância entre Foz do Iguaçu e outras cidades:

  • Cascavel – PR = 139 km
  • Londrina – PR = 511 km
  • Maringá – PR = 412 km
  • Florianópolis – SC = 941 Km
  • Chapecó – SC = 444 km
  • Porto Alegre – RS = 897 km
  • Brasília – DF = 1.562 km
  • São Paulo – SP = 1.055 km
  • Campo Grande – MS = 702 km

A BR-277 é bem sinalizada e quase toda duplicada e tem administração da Concessionária Rodonorte.

Calcule aqui o gasto de combustível e pedágio.

Indo para Foz do Iguaçu de ônibus

A rodoviária de Foz do Iguaçu é grande, limpa, bem organizada e recebe ônibus de diversas partes do país e também do exterior.

Fica a 5Km da principal zona hoteleira da cidade, mas também com alguns hotéis ao redor, mas não é um local muito prático para se hospedar.

Veja aqui, quanto está a passagem de ônibus para Foz do Iguaçu, a partir da sua cidade.

Chegando a Foz do Iguaçu de avião

Foz do Iguaçu tem uma grande oferta de voos domésticos e internacionais, principalmente das cidades de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.

Mas não se preocupe, mesmo que você more em qualquer outro lugar do país, você pode comprar sua passagem aqui e chegar a Foz do Iguaçu com todo o conforto e rapidez através de voos com escalas e conexões.

O aeroporto fica a 14km do centro de Foz de Iguaçu e é servido por ônibus comum, táxi e Uber.

Do aeroporto ao centro:

De Uber = Entre R$30 e R$40 – De 20 a 25 minutos

Táxi = R$70,00 pago no guichê dentro do aeroporto – De 20 a 25 minutos

Ônibus comum = R$5,00 – De 40 a 60 minutos até o centro

Os ônibus do aeroporto são ônibus comuns que fazem a linha Parque Nacional (120) e passam pelo aeroporto. Não espere muito conforto, mas na maioria das vezes vem vazio.

IMPORTANTE: No dia da sua volta, programe-se para chegar ao aeroporto de Foz com 2 horas de antecedência ao seu voo. Existe um raio-x da Receita e Polícia Federal antes do check-in e às vezes formam-se longas filas. O atraso na fila da Receita não impede que você perca o seu voo.

Hotel em Foz do Iguaçu – Onde se hospedar

Foz do Iguaçu é uma cidade gigantesca e, ao contrário de outros destinos, onde as atrações se concentram em determinada região, em Foz, quase não há atrativos turísticos no centro da cidade e tudo o que há para se fazer, fica nos extremos.

Porém, é no centro da cidade que se concentram quase todos os hotéis e restaurantes da cidade, logo, é a melhor região para se hospedar, principalmente se você não estiver com carro alugado.

Pela sua localização mais central, também fica mais fácil se locomover em todas as direções, seja de transporte público, táxi ou Uber.

A Avenida das Cataratas, que vai em direção ao aeroporto e ao parque, também conta com diversos hotéis mais voltados para eventos ou família, pois são grandes, contam com centros de convenções, piscinas, entre outros atrativos.

Um dos hotéis mais icônicos de Foz do Iguaçu, que já hospedou diversas celebridades brasileiras e internacionais é o Belmond Hotel das Cataratas. Luxuoso, elegante, clássico e o que é melhor, fica dentro do Parque Nacional do Iguaçu a poucos metros das cataratas.

Algumas indicações de hotéis no centro de Foz do Iguaçu:

Hotel próximo ao shopping e do ponto de ônibus para o Paraguai

Hotel próximo aos principais restaurantes de Foz

Hotel muito barato próximo ao ponto de ônibus para as Cataratas e Paraguai

Hotel confortável com excelente localização

Algumas indicações de hotéis na Av. das Cataratas:

Hotel elegante com diversos serviços

Hotel novo, grande e com piscina

Resort ideal para crianças

Hotel grande ideal para eventos

O que fazer em Foz do Iguaçu

Parque das Aves

Parque das Aves em Foz do Iguaçu

O Parque das Aves de Foz do Iguaçu é coladinho à entrada do Parque Nacional, logo, você pode combinar a visita às duas atrações no mesmo dia.

O parque, além de ser um abrigo e santuário de centenas de espécies, muitas delas ameaçadas de extinção, tem um trabalho ambiental sensacional, preservando a mata atlântica, recebendo e cuidando de animais apreendidos e debilitados.

Uma das coisas mais bacanas do parque é a história de amor de um casal um pelo outro e pela causa ambiental. Uma veterinária alemã e um biólogo britânico que se conheceram na Namíbia, trabalharam juntos, se apaixonaram, casaram-se e tiveram duas filhas.

Vieram para o Brasil em 1993 e gastaram todas as suas economias para comprar o terreno de 16 hectares e começar o sonho de abrir o Parque das Aves. 

Você pode conferir aqui mais um pouco da história do Parque das Aves e o restante durante uma visita. Vale muito a pena.

Funcionamento: De terça a domingo das 8:30 às 16:30h

Compre aqui seu ingresso para o Parque das Aves.

Cataratas do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu
Foto arquivo pessoal.

Acho que todo brasileiro deveria ter um direito por lei, de algum dia poder visitar as Cataratas do Iguaçu. 

Embora eu tenha ido a Foz dezenas de vezes e 8 vezes às cataratas, lembro da emoção da primeira vez, caminhando pelas passarelas, escutando aquele barulho estrondoso e de cada queda d’água que ia se apresentando diante dos meus olhos, a cada curva da trilha.

Eu sou um baita apaixonado pelas grandes paisagens naturais do planeta e, nessas minhas andanças, tive o privilégio de ver diversas delas, mas as Cataratas do Iguaçu terão sempre um lugar de destaque nas minhas memórias.

Mas, vamos ao que interessa!

As Cataratas do Iguaçu ficam dentro do Parque Nacional do Iguaçu, que é uma unidade de proteção ambiental federal, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

Alguns dados sobre essa obra prima da natureza:

  • Maior conjunto de quedas d’água do mundo
  • Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO
  • Eleita como uma das 7 maravilhas naturais do mundo
  • As Cataratas do Iguaçu são formadas por 275 quedas d’água de até 80 metros de altura. 
  • 80% das quedas d’água estão do lado argentino

Para conhecer as Cataratas, você deve comprar o ingresso online, que atualmente é vendido com data e horário previamente escolhidos. Não existe mais a opção de venda de bilhete físico na entrada do parque.

O parque funciona todos os dias da semana, das 8 às 16h para entrada. Tem seu fechamento às 17:30h.

Caso você se hospede no Hotel Belmond, terá o privilégio de visitar as cataratas à noite. Do lado brasileiro não existe visitação noturna.

Tour pelas Cataratas do Iguaçu, buscando e levando ao seu hotel.

Como é a visita às Cataratas do Iguaçu pelo lado brasileiro:

  • Ao chegar à entrada do parque, você deve apresentar o seu ingresso virtual na tela do celular (preferencialmente) ou impresso
  • Deverá aguardar a chegada do ônibus turístico do parque.
  • Após o embarque no ônibus, o sistema de som vai anunciando as atrações ao longo do caminho em 3 idiomas (português, espanhol e inglês)
  • São 12 km de percurso até o desembarque no início da trilha de 1 Km que vai margeando as cataratas
  • Você pode descer em qualquer parada no caminho, caso vá fazer algum passeio comprado à parte
Cataratas do Iguaçu
Uma das vistas ao longo da trilha – Foto: arquivo pessoal

A trilha é toda de cimento e madeira, com diversos mirantes no caminho para começar a apreciar as quedas d’água menores. 

Dependendo da vazão da água, você já vai começar a sentir o poder das cataratas bem antes de chegar à queda principal, pelo som e pela névoa úmida que se forma.

Ao final da trilha, você chegará às passarelas que levam a um mirante bem em cima de uma das maiores quedas d’água e ao lado da queda principal, a Garganta do Diabo.

No final da trilha tem lanchonete, elevador, loja de souvenirs e um monte de quati querendo roubar sua comida…rs. 

Fique de olho!!!! 

Já presenciei gente distraída ficar sem comida, enquanto um quati ia embora feliz.

Ao terminar o rolé, suba a passarela ou pegue o elevador e vá para a parte alta, acima da queda d’água. caminhe até o restaurante Porto Canoas, veja a calmaria do Rio Iguaçu antes de desaguar na garganta do capiroto.

Visite a estátua de Santos Dumont e, caso tenha se apaixonado pelas cataratas, agradeça ao pai da aviação por isso. Na estátua do nobre inventor do avião tem uma placa, que você vai entender do que estou falando.

Dicas práticas para conhecer as cataratas e o Parque Nacional do Iguaçu

  • Leve uma mochila com uma capa de chuva ou uma toalha de banho (ou os dois). 
  • Você pode levar água, frutas e lanches no geral
  • Cuidado com os quatis, eles não atacam se a comida estiver na sua mão, mas se der bobeira com ela em cima da mesa, eles roubam e vão embora
  • Não alimente os quatis. Além da nossa alimentação não ser adequada para os animais, eles podem atacar
  • O parque pode ser visitado com chuva, sol, frio ou calor. Só fecha se a vazão das cataratas estiver muito alta ou com ventos muito fortes
  • O Parque Nacional fica a 17km do centro de Foz do Iguaçu, mas a linha 120 de ônibus comum tem seu ponto final na porta do parque
  • Se você estiver com carro alugado ou próprio, terá que deixá-lo no estacionamento na entrada do parque que tem o custo de R$37,00 (setembro/2022)
Foz do Iguaçu
Uma das quedas principais, já no final da trilha. Foto: arquivo pessoal

BOM SABER: Se 80% das quedas d’água estão do lado argentino, logo, a melhor vista é do lado brasileiro. Mas o lado argentino também é SEN-SA-CIO-NAL e eu vou falar dele mais à frente.

Macuco Safari

O Macuco Safari é um passeio irado, feito a bordo de uma lancha rápida que simplesmente te leva embaixo de diversas quedas d’água das cataratas. Não se preocupe, não tem nem como chegar perto da Garganta do Diabo.

O passeio não é baratinho, mas quando você observar a organização e todas as medidas de segurança, você vai entender a razão do preço.

Vá com roupa de banho por baixo e, preferencialmente, leve uma muda extra de roupa. Tem armário para guardar seus pertences com segurança.

Ah, não esqueça de levar alguma câmera à prova d’água ou saquinho ziplock. Antes do barco entrar de verdade embaixo das quedas d’água, o condutor faz uma parada para fotos.

O passeio é feito dentro do Parque Nacional. Então você precisa do ingresso do parque e do voucher do passeio, que pode ser comprado aqui.

Foz do Iguaçu

Compre aqui seu ingresso para o Macuco Safari.

Observação: Não utilizamos propagandas para que você tenha uma melhor experiência de leitura em nosso site, mas utilizamos links afiliados. Ou seja, se você comprar comprar qualquer produto indicado através dos nossos links, você ajuda a manter o site no ar e não paga nada a mais por isso.

Compras no Paraguai

O Paraguai é o paraíso das compras para quem visita Foz do Iguaçu. Não conheço ninguém que tenha ido à Foz e não tenha cruzado a Ponte da Amizade para gastar alguns dólares no país vizinho.

O que você imaginar de produtos importados, tem à venda em Ciudad del Este.

Ah, se você ficar parado(a) na rua, se prepara também para receber ofertas de anabolizantes, armas, marijuana, pó, camisinha musical, meia, cueca, pen driveEn fin, mis amores bienvenidos a Paraguay.

As lojas aceitam pagamento em dólar, peso argentino, guaranis e em reais. 

A cotação nas casas de câmbio em CDE é sempre melhor do que nas lojas, mas se você for comprar pouco, nem precisa se preocupar em trocar dinheiro, pague em real mesmo.

Em breve vou publicar aqui um guia com as melhores lojas para comprar no Paraguai, itens de A a Z.

SE LIGA – Dicas do Paraguai

  • Quando estiver caminhando pelas ruas de Ciudad del Este, não entre em neurose por conta de tudo o que falam sobre o Paraguai não. Boa parte é mito e outra grande parte é exagero
  • não dê confiança para qualquer abordagem que receber nas ruas. A maioria delas é para vender itens pequenos que os vendedores têm em mãos ou para te conduzir a alguma loja de eletrônicos. 
  • Basta ignorar. Não responda educadamente e nem seja rude, só ignore. É o melhor jeito de cessar a abordagem. Se você estiver andando, é ainda mais fácil. 
  • Mas, se você estiver parado(a) na rua, pode ser que a abordagem inconveniente continue. Nesse caso, só nesse caso, agradeça e diga que não te interessa.

Como atravessar a Ponte da Amizade e chegar ao Paraguai

Eu já atravessei a ponte da amizade em todas as modalidades que existem: de ônibus comum, de transfer de agência, de transfer particular, de carro alugado (não faça isso), de van de turismo, de van do Paraguai caindo aos pedaços, de táxi daqui e de lá e também de mototáxi dos 2 lados da fronteira.

De todas as modalidades, a mais aventureira e nojenta é a de mototáxi. A parte da aventura creio que dispensa maiores explicações, a parte do nojento é por conta do capacete, que é obrigatório.

Se você for turista de primeira viagem, vá de transfer de agência ou particular mesmo. 

Caso você queira economizar, pode ir de ônibus comum, que também é super de boa.

Importante: Não existe nenhum meio de transporte com a garantia de que você não será parado na Receita Federal da Ponte da Amizade na volta de CDE. Alguns motoristas no Paraguai oferecem seus serviços com essa promessa. Conversa pra boi dormir!!!! Os agentes da Receita param os veículos por amostragem, ou por “feeling” mesmo.

Existe uma regra na fronteira que você só pode pegar táxis e mototáxis brasileiros para ir à Ciudad del Este e paraguaios para voltar de lá para o Brasil. Isso é cumprido à risca.

Contrate seu transfer para o Paraguai aqui

Usina Hidrelétrica de Itaipu

Foz do Iguaçu, Usina de Itaipu
Vista aérea da Usina de Itaipu – Foto: iStock

Por 28 anos, a Usina Hidrelétrica de Itaipu foi a maior do mundo, posto perdido em 2012 para a Usina de Três Gargantas, na China. No entanto, nossa usina continua sendo a primeira em produção de energia… Chupa chineses…rs

Só pela grandiosidade da obra de engenharia, Itaipu já merece uma visita. Por lá existem diversos programas, como  visita diurna externa, interna e uma visita noturna para acompanhar um show de luzes.

Veja abaixo:

Itaipu panorâmica: Passeio de ônibus, com guia, conhecendo as principais áreas da usina, história da sua construção e paradas para fotos. O tamanho da represa vista de perto é impressionante. Este passeio dura 1h10.

Itaipu iluminada: Passeio noturno com um espetacular show de luzes e música que embalam o acendimento de mais de 700 refletores e 112 luminárias nos 2,5 km da barragem.  Tem duração aproximada de 2 horas e só é realizado nas noites de sexta e sábado.

Itaipu Especial – É um passeio pelo coração da usina. É impressionante ver essa maravilha da engenharia por dentro, com equipamentos gigantescos em pleno funcionamento. Esse passeio também contempla a visita externa e tem duração de 2h20.

Itaipu Refúgio Biológico: Bem próximo aos equipamentos e colaboradores envolvidos na produção de energia, convivem jaguatirica, macaco, jacaré, onça e serpentes. Em dois quilômetros de caminhada em uma trilha em meio à floresta nativa, a experiência é ampliada com aprendizado sobre o meio ambiente. Duração de 2h15. Não ocorre às segundas e terças

Localização: Itaipu fica no final da Avenida Tancredo Neves. O Centro de Recepção de Visitantes está a 12km do Centro de Foz do Iguaçu e pode ser acessado de carro, táxi ou Uber, transfer de agência e ônibus urbano. Linhas: Itaipu Dam, Vila C Norte ou Vila C Sul.

Valores abaixo. Clique na imagem para saber mais.

Mesquita muçulmana

A mesquita de Foz do Iguaçu vale a visita, principalmente para quem nunca teve a oportunidade de conhecer um templo religioso islâmico antes.

A Mesquita Omar Ibn Al-Khattab foi construída pela comunidade islâmica de Foz no início dos anos 1980 e, antes de ser um local de turismo, lembre-se, é um local de fé, por isso algumas regras precisam ser respeitadas:

  • Tirar calçados para entrar
  • Respeitar os horários das orações 
  • Manter tom de voz compatível com o silêncio do local
  • Mulheres devem usar o véu, disponibilizado na porta do templo
  • Não fotografar ou acessar áreas indicadas com tais proibições.
Mesquita de Foz do Iguaçu
Mesquita Omar Ibn Al-Khattab – Foto arquivo pessoal

Quando: Segunda à Sexta, das 9 às 11:30h e das 14 às 16:30h. Sábados das 9 às 11:30h

Onde: Endereço: Rua Meca, 599 – Foz do Iguaçu/PR

DICA: Em frente à mesquita tem uma doçaria árabe, com uma variedade impressionante de doces. Todos deliciosos.

Templo Budista

Seguindo na linha religiosa, Foz do Iguaçu conta também com um templo budista, que além de lindo, é um lugar de silêncio, paz e tranquilidade.

É um pouco afastado do centro da cidade, mas fica no caminho para Itaipu. Você pode combinar a visita às duas atrações no mesmo dia.

Como o Templo fica localizado na parte alta da cidade, de lá é possível avistar parte das cidades de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este.

Quando: De terça a domingo das 9:30 às 16:30h
Onde: Rua Dr. Josivalter Vila Nova, 99 – Foz do Iguaçu/PR

Free Shop da Argentina

O Duty Free de Puerto Iguazú é uma loja gigantesca de produtos importados livres de impostos, que impressiona pelo seu tamanho, beleza, organização e variedade de produtos. 

Por lá destacam-se produtos como perfumes, bebidas, chocolates, roupas, eletrônicos, óculos de sol, relógios, entre outros

Os preços do duty free são mais altos que os do Paraguai, portanto não compensa, a não ser algum item muito específico que você não encontre no Paraguai – o que é difícil – ou bebidas, caso você tenha receio de comprar em CDE e ser falsificada.

Os setores de chocolates, bebidas e perfumes valem pela imensa variedade de produtos e eventuais promoções.

Fica a 13km do centro de Foz. 

Duty Free Shop Puerto Iguazú – Foto de 2008, da primeira vez que fui à Foz do Iguaçu.
  • Antigamente tinham vans e ônibus gratuitos que passavam pelos hotéis e levavam os turistas até lá no final da tarde e início da noite. Creio que esse serviço não exista mais.
  • Você pode chegar até o Duty Free Puerto Iguazú de ônibus comum internacional, táxi, transfer em grupo ou privado. Consulte as opções no seu hotel e negocie a ida e a volta.
  • Caso você esteja de carro alugado ou próprio, o Duty Free conta com amplo estacionamento gratuito.
  • O Duty Free, aceita pagamentos em reais, pesos argentinos, dólares, euros e cartões de crédito e débito internacionais.

IMPORTANTE: Habilite seu cartão de crédito para uso na Argentina. Leve RG ou passaporte, caso queira dar uma esticada e passar da imigração argentina para conhecer a cidade de Puerto Iguazú. Não são aceitas carteiras de ordens e conselhos, tampouco carteira militar ou CNH.

ATUALIZAÇÃO: Se você não for entrar na Argentina para ficar mais de 72h e nem ir além da cidade de Puerto Iguazú, já é possível entrar com a CNH.

Feirinha de Puerto Iguazú

A feirinha da cidade acontece todos os dias das 16 às 23h e já é uma atração por si só. 

Conta com diversas barracas de queijos, azeitonas, vinhos, doce de leite, alfajor, salames e azeites. Você pode comprar para levar ou mesmo pedir algumas porções para comer no local, enquanto saboreia uma Quilmes.

Outra opção é caminhar pelas 2 ou 3 ruas principais e jantar em algum dos diversos restaurantes da cidade.

Puerto Iguazu, a cidade

Além da feirinha, você pode aproveitar em Puerto Iguazú para conhecer alguns restaurantes, lojas de artigos de couro, chocolates e bebidas. A cidade também conta com algumas lojas de materiais esportivos, que dizem ser outlets, eu nunca fui.

Cassino

Cassinos são proibidos no Brasil, mas são liberados na Argentina. Não vejo muita graça, mas vale a pena conhecer, ao menos por curiosidade.

Marco das Três Fronteiras

Só existem duas tríplices fronteiras onde os 3 países são separados por rios, Paraguai, Argentina e Brasil e a outra na Ásia, entre Laos, Mianmar e Tailândia. Tipo de curiosidade que você vai ouvir lá, de algum guia.

DICAS: As atrações de Puerto Iguazú não tomam tanto tempo. Você pode ir no final da tarde, assistir ao pôr do sol no Marco das 3 Fronteiras, caminhar pelas ruas do centro, jantar em algum restaurante, ou petiscar na feirinha e depois dar uma passada no cassino. Caso queira passar no Duty Free Puerto Iguazú, vá um pouco mais cedo.

Veja aqui quanto custa um tour por Puerto Iguazú.

Cataratas pelo lado argentino

Cataratas do lado argentino

Se pelo lado brasileiro tem-se a melhor visão, já que 80% das quedas estão do lado argentino, conhecer as cataratas pelo lado dos nossos hermanos é uma experiência incrível.

Do lado verde e amarelo você satisfaz a visão, do lado azul e branco satisfaz todos os sentidos.

As pontes, passarelas, escadas e mirantes argentinos parecem interagir a todo momento com as quedas d’água, você passa por cima, pelo lado, atrás, na frente, em baixo.

Em diversos pontos, você se aproxima assustadoramente das quedas d’água, com o gran finale que é o mirante praticamente em cima da Garganta do Diabo.

Pelo lado argentino se anda muito mais. São 6 km de caminhada por diversas trilhas, mas são bem tranquilas. Com tanta beleza das atrações, você nem sente.

Se o dia estiver bonito, vá depois do almoço e passe a tarde no parque até o pôr-do-sol.

Onde: Só colocar no GPS Parque Nacional Iguazu – Fica a 30 km do centro de Foz.

Quando: Todos os dias das 8 às 18h

Aceita: Pesos argentinos e cartões internacionais

Quanto: Entrada R$90 / Estacionamento R$12 (setembro/2022)

Leve: RG ou passaporte (informação do site do parque)

Como: De transporte público é preciso pegar dois ônibus, de táxi custa R$350,00 (ida e volta). Você pode verificar o valor de um transfer compartilhado de agência para saber quanto custa. Vale muito a pena alugar um carro, pelo menos por 24 horas, para conhecer o parque pelo lado argentino. Sai mais barato e você tem muito mais liberdade.

Outra excelente opção é contratando este passeio abaixo que te busca e leva de volta ao seu hotel em Foz. Note que o valor apresentado é somente pelo transfer de ida e volta e guia em português. É necessário comprar o ingresso do parque a parte.

Cataratas argentinas à noite – Passeio da lua cheia

O Passeio da Lua Cheia é uma experiência única que acontece 5 noites por mês em dias de lua cheia no Parque Nacional Iguazú

O silêncio da noite, traz o murmúrio da selva e o rugido da Garganta do Diabo aos seus ouvidos.

O passeio começa cruzando a selva desde a Estação Central, a bordo do Trem Ecológico da Selva rumo à Estação Garganta do Diabo. Lá começa uma caminhada por uma passarela sobre o rio Iguaçu Superior. Iluminado apenas pelo luar. Indo até o mirante da majestosa Garganta do Diabo, avista o manto poderoso, e prateado pelo reflexo natural da lua cheia.

Quando: São 3 horários por noite, 5 noites no mês

Quanto: R$420,00 só o passeio e R$198,00 pelo jantar (opcional)

Guia em espanhol e inglês

Essas indicações acima do que fazer em Foz do Iguaçu são as principais atrações e as mais tradicionais e antigas, aquelas atrações “raiz” mesmo.

Abaixo veja as atrações mais modernas e “gourmetizadas” de Foz do Iguaçu.

Outros passeios em Foz do Iguaçu

Blue Park Parque Aquático

Sustentando o título de maior parque aquático do sul do Brasil e com a terceira maior piscina de águas termais com ondas do mundo, o Blue Park chegou mostrando suas credenciais.

São mais de 10 atrações entre incluídas no valor do ingresso e pagas à parte.

O Blue Park fica sobre o Aquífero Guarani, a segunda maior reserva de água doce do mundo, o que garante seu abastecimento perene de águas termais cristalinas.

Saltar de paraquedas

Eu tenho verdadeiro pavor de altura, mas a última vez que estive em Foz, o dia estava bem bonito e quase tive coragem de experimentar essa insanidade…rs. Mas, não rolou. Quem sabe da próxima vez…

O salto pode ser realizado por qualquer pessoa a partir dos 12 anos de idade e que pesem até 95 kg. 

Entre check-in, treinamento, instruções de segurança, decolagem, salto e edição dos vídeos, você precisa reservar 3 horas no total.

Durante o salto é possível avistar as cataratas, Usina de Itaipu, Ponte da Amizade e Tríplice Fronteira.

Bar de Gelo

Bar todo feito de gelo, paredes, bancos, mesas, balcões com temperatura interna de -10ºC.

Fica localizado em Puerto Iguazú e a permanência dentro do bar é de 30 minutos com bebidas liberadas. 

Dreams Park Show

É um complexo de entretenimento do mesmo grupo Dreamland de Gramado, com atrações relativamente semelhantes: Museu de Cera, Parque dos Dinossauros, Ice Bar, Maravilhas do Mundo, Centro de Falcoaria e Dreams Motor Show.

Creio que Foz do Iguaçu tem atrações ao ar livre suficientes e muito mais empolgantes para preencher uma viagem. 

Atrações como essas oferecidas pelo Dreams Park Show funcionam para viagens com crianças ou para dias chuvosos.

Roda-Gigante Yup Star

Em dezembro de 2021 foi inaugurada em Foz uma roda-gigante de 88 metros de altura. Seu nome é Yup Star  e está localizada próxima ao Marco das Três Fronteiras, oferecendo aos visitantes uma vista panorâmica privilegiada das paisagens ao redor.

São 36 cabines climatizadas que podem acomodar até 288 pessoas.

Onde comer em Foz do Iguaçu, Ciudad del Este e Puerto Iguazú

Todas as sugestões que vou dar aqui, eu experimentei e gostei. 

Comer em Foz do Iguaçu

Confeitaria Marias & Maria: Excelente buffet por quilo, grande variedade de pratos salgados e sobremesas, além de buffet de café colonial servido das 8 às 18h.

Av. Brasil, 505. Centro.

Churrascaria Bufalo Branco: Churrascaria simples, porém honesta. Atendimento bastante cordial, boa variedade de cortes de carne, aberta para almoço e jantar e preço super em conta.

Eng. Rebouças, 530 – Centro

City Bier Petiscaria: Bar e restaurante simples, mas com chopp gelado e uma excelente picanha na chapa. IG

Quintino Bocaiúva, 1088 – Centro.

Restaurante Tirol: Fica exatamente em frente ao City Bier. O Restaurante Tirol diz ser de culinária alemã, mas é na verdade um restaurante generalista. Ambiente simples, boa comida e barato.  City Bier e Tirol ficam em frente ao Hotel Rafain Centro.

Mal. Deodoro, 1033 – Centro.

Sushi Hokkai: Ambiente sofisticado, excelente culinária oriental com grande variedades de pratos quentes, sushis e sashimis. Atendimento muito bom. IG

Mal. Deodoro, 544 – Centro.

Oficina do Sorvete: Não sei se ainda tem o buffet de sopas a noite, mas se tiver vale muito a pena, para aquelas noites mais frias, quando você não está com vontade de comer nada mais pesado. IG

Av. Jorge Schimmelpfeng, 244 – Centro.

Cantina Sorelli: Cantina italiana com ambiente bonito e aconchegante, excelente atendimento e boa variedade de pastas e pizzas.

Alm. Barroso, 1302 – Centro.

Vó Bertila – Pizzas deliciosas em ambiente rústico e acolhedor. IG

Rua Bartolomeu de Gusmão, 1116 – Centro.

Churrasco Grego Formiga lanches – Lanches simples, deliciosos, baratos e rápidos.

Quintino Bocaiúva, 668 – Centro.

Trapiche: Restaurante tradicional de Foz especializado em frutos do mar, e comida brasileira. Também tem cardápio de sushis e excelente carta de drinks. IG

Rua Quintino Bocaiuvas 873 – Centro

Esfihas, shawarmas e comida libanesa: São 3 restaurantes, praticamente um ao lado do outro. Se estiver com vontade de comer pratos árabes, vá até esse local e escolha o que mais te agradar. São eles: 

  • Casa da Esfiha Beirut
  • Sahara Restaurante
  • Shawarmania Casa da Esfiha

Av. Juscelino Kubitscheck, 439 – Centro.

Bares e restaurantes com música ao vivo com gente jovem e bonita: Capitão Bar e Rafain Chopp. Ficam próximos um do outro.

Av. Jorge Schimmelpfeng, 288 – Centro.

Onde comer no Paraguai

Comer hoje em dia em  Ciudad del Este é um luxo, quando comecei a visitar Foz e ir à cidade paraguaia, as opções eram poucas e com a aparência bastante suspeita. Enfim, vamos à elas.

Armazém da Gula: Comida por quilo barata e tudo bastante limpo, dentro do Shopping Barcelona

Bistrô Monalisa: A loja Monalisa é cara, mas é uma loja bastante luxuosa em meio ao caos que é o Paraguai. Seu Bistrô serve pratos executivos bem apresentados e gostosos.

Praça de alimentação do Shopping Del Este: Este shopping fica do lado esquerdo, assim que passa da aduana paraguaia. É um local onde vão todos os turistas que, por medo e preconceito, não querem se aventurar nas demais áreas de CDE. Possui cafés, lanchonetes e restaurantes de boa qualidade.

Sax Palace: Restaurante localizado no 12º andar da loja Sax Department, além de culinária diversificada, o ambiente sofisticado conta com linda vista panorâmica.

Shopping Paris: Praça de alimentação com diversas opções rápidas e baratas.

Se mesmo com essas dicas, você preferir os fast-food americanos mais famosos, CDE conta com Burger King, McDonald ‘s,  T.G.I Fridays e Pizza Hut.

Onde comer em Puerto Iguazú

Para massas aposte no La Mamma Pastas & Salsas, para carnes, grelhados e peixes, a dica é o Aqva Restaurant, para um lanche, a Casa das Empanadas. Já para petiscos, aprecie queijos, azeitonas e embutidos na Feirinha de Puerto Iguazú. Termine o dia ou a noite, tomando um sorvete de doce de leite e chocolate amargo na sorveteria Freddo.

Dinheiro x cartão em Foz do Iguaçu, Paraguai e Argentina

Brasil: Bom, no Brasil, todo mundo já está careca de saber que até a senhora que vende camarão na praia, água no sinal, ou lanche na barraquinha aceita cartões e PIX.

Em Foz do Iguaçu não é diferente, você só vai precisar de dinheiro para pagar táxi ou ônibus, se for o caso.

Paraguai: Já no Paraguai é altamente recomendável que você NÃO use seu cartão de crédito, principalmente nas lojas menores, algumas cobram uma taxa em cima das compras e as vendas são em guarani. 

Você vai ver um monte de zeros na sua fatura e não terá muita certeza se está pagando o valor correto. 

Eu já tive problemas lá, por sorte a operadora do cartão negou a transação, que seria muito acima do valor das minhas compras. Só soube depois quando a operadora entrou em contato para confirmar se de fato eu tinha tentado usar o cartão com aquele valor.

Compre no Paraguai com dinheiro vivo em real ou dólar. Pode fazer a troca da moeda nas casas de câmbio do Paraguai sem problemas ou comprar nas lojas usando nossa moeda.

Argentina: Nas lojas, restaurantes e barracas da Feirinha de Puerto Iguazu costumam aceitar reais. Você pode pagar também com pesos, dólares ou cartão de crédito internacional.

OBS.: Lembre-se de habilitar seu cartão para uso no exterior.

Como se locomover em Foz do Iguaçu e arredores

Tudo o que você for fazer em Foz do Iguaçu e arredores (Paraguai e Argentina), pode ser feito de:

  • Ônibus comum
  • Táxi
  • Uber
  • Transfer de agência 
  • Carro alugado ou próprio

Mas siga essas 5 dicas:

  • Não vá para o Paraguai com carro alugado e nem com seu próprio carro. O trânsito é um caos e já ouvi relatos de motoristas brasileiros que foram extorquidos pela polícia.
  • Existe transfer privado, feito em carro e transfer coletivo, feito em van. Naturalmente o segundo é mais em conta.
  • Os ônibus são seguros e não costumam demorar. Se você não for de maiores luxos, vale a pena para economizar.
  • As diversas atrações ficam longe umas das outras, portanto cogite alugar um carro
  • Para conhecer as cataratas pelo lado argentino é muito mais fácil e barato alugar um carro. Só busque outro meio se você não dirigir ou não puder mesmo alugar o veículo.

Faça cotação com o melhor comparador de preços.

Vida noturna em Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é uma cidade de médio porte com bastante vida noturna, tem bares, restaurantes, boates e casas de show.

Em Puerto Iguazú, as lojas e os restaurantes costumam fechar entre 23h e meia-noite.

Ciudad del Este tem passado por diversas transformações e hoje em dia já tem bastantes opções de diversão a noite, inclusive com alguns estabelecimentos brasileiros abrindo filiais por lá.

Quando ir/ Melhor época para conhecer Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu também é conhecida como Frio do Iguaçu e Forno do Iguaçu…rs. E esses apelidos bem humorados não são exagerados, faz muito calor no verão e, em alguns dias do inverno, a temperatura pode chegar próximo a 0ºC.

Já peguei muitos dias bem quentes em Foz e uma vez com a temperatura de 2ºC e muita chuva. Aliás, Foz do Iguaçu registra muitas chuvas, bem distribuídas por todo o ano.

Os meses mais secos são julho e agosto e os mais chuvosos são outubro, dezembro e maio. Veja o gráfico abaixo.

Índice pluviométrico de Foz do Iguaçu
Os meses mais secos são julho e agosto e os mais chuvosos, outubro e dezembro.

Nos períodos mais secos existe o risco das cataratas estarem com a vazão d’água um pouco reduzida, o que diminui um pouco a beleza das cachoeiras. 

Por outro lado, em períodos muito chuvosos, a água pode estar barrenta e se formar uma névoa muito densa, que dificulta uma boa visão das quedas d’água.

Então vá conhecer as cataratas quando der, quando encontrar um voo barato para Foz do Iguaçu e reze para não chover.

Como se vestir/ O que levar para Foz do Iguaçu

Como eu disse, Foz do Iguaçu dificilmente tem meio termo, ou é muito quente ou muito frio, então adapte sua mala conforme a previsão do tempo para o período da sua viagem.

Para o dia, aposte em tênis esportivos, pois quase tudo que tem para fazer em Foz envolve caminhar e muito. 

Não se preocupe com roupas mais formais durante o dia, regatas, camisetas e bermudas para os homens, vestidos, shorts e regatas para as mulheres.

Leve bonés e chapéus, sungas, biquínis e maiôs, protetor solar e repelente.

Já para a noite, vai depender, além da temperatura, o tipo de lugar que você pretende ir, mas te adianto que Foz tem muitos restaurantes sofisticados que justificam uma boa produção.

Remédios/ Hospitais/ Seguro-viagem

Foz do Iguaçu tem ampla rede de atendimento com postos de saúde, UPAs e hospitais públicos e particulares, assim como uma enormidade quantidade de farmácias.

Ainda assim, como você vai entrar e sair de outros 2 países, recomendo que faça um seguro-viagem, que, além das questões de saúde e acidentes pessoais, te proporciona maior segurança com questões da viagem em si, como extravios de mala, atrasos e cancelamentos de voo e até mesmo retorno antecipado no caso de alguma emergência.

Quanto aos remédios, leve os de uso regular, principalmente aqueles que exigem receita médica, algum antitérmico e analgésico e leve também repelente e filtro solar.

Compare preços de seguro-viagem de todas as seguradoras em um só lugar.

Internet/ Telefone/ Comunicação

O sinal de telefonia e de 3G/4G funciona perfeitamente bem em todo o lado brasileiro das fronteiras. No Paraguai também funciona, com algumas áreas de sombra. Já em Puerto Iguazú, só mesmo utilizando o wi-fi das lojas e restaurantes.

Observação: Não utilizamos propagandas para que você tenha uma melhor experiência de leitura em nosso site, mas utilizamos links afiliados.

Ou seja, se você comprar comprar qualquer produto ou serviço indicado através dos nossos links, você ajuda a manter o site no ar e não paga nada a mais por isso.

Segurança em Foz do Iguaçu

A região, por ser uma tríplice fronteira, sofre com contrabando e tráfico de drogas, isso se reflete em violência, principalmente entre moradores mais jovens da região.

Já nas áreas turísticas em Foz, no Paraguai e Argentina, em mais de 30 vezes que viajei para lá, nunca presenciei ou passei por alguma situação de perigo.

Tenha aqueles cuidados que temos nas grandes cidades brasileiras: cuidado com bolsas, mochilas e celular em bolsos, não ande sozinho(a) a noite, prefira pegar um táxi ou Uber nesses horários, relaxe e aproveite sua viagem.

Esse foi o maior post da história do blog. Espero que eu possa ter contribuído para que você faça uma viagem incrível para Foz do Iguaçu.

Se você gostou, tem alguma pergunta, correção ou atualização, deixe um comentário abaixo. Você ajuda a mim e a outros leitores.

Abraço.

Jason Brum

Outros destinos para você sonhar

Curitiba é legal, dê uma chance para a cidade.

Manaus, sua porta de entrada para a selva amazônica.

Gramado, uma cidade de sonhos.

Esqueça do mundo e dos problemas em São Miguel dos Milagres.

Bonito é lindo. Já o trocadilho, foi horrível.

Deixe uma resposta

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies