As confusões da casa de praia

0 9
Seguros Promo

- Advertisement -

As confusões da casa de praia

Um dos maiores prazeres do brasileiro é reunir a família e os amigos para aproveitar o feriadão viajando para a casa de praia.

O problema, é que aquilo que deveria ser um final de semana de alegria e felicidade, quase sempre se transforma em confusão e baixaria.

O engarrafamento indo para a casa de praia

O tormento já começa na viagem de ida. O percurso que normalmente levaria umas duas horas, na véspera do feriadão leva umas oito. E tia Eunice toda hora pede pra parar o carro pra ir ao banheiro, que na beira da estrada é no acostamento atrás da porta do carro.

Quando o pneu não fura, o carro não ferve, nem a correia dentada arrebenta, todos chegam ao paraíso, que maravilha, quase meio dia depois.

O paraíso, no caso, atende pelo nome de Praia Grande, Iguaba ou Muriqui.

Já devidamente instalados na casa de praia, começam aparecer as primeiras crises na divisão de tarefas.

Enquanto um grupinho vai tomar banho para poder ir pra rua bater perna, tia Eunice, coitada, limpa a casa e Tia Selma prepara o jantar, coisa rápida um macarrão com salsicha, mesmo. 

Nos demais dias da viagem tudo é motivo para brigas e quanto mais dias juntos, pior.

As confusões da casa de praia, as principais

Tem o muquirana que, para economizar dois reais num pack de latinhas, leva cerveja Itaipava jurando que é sua preferida, mas só bebe a Stella Artois que Tio Oswaldo levou.

Tem o outro que não leva cerveja nenhuma dizendo que está tomando remédios, mas no segundo dia de viagem já está curado e ajudando a enxugar as latinhas.

O banheiro da casa de praia é um capítulo à parte, pois nele quase tudo é motivo para brigas.

Os filhos de Cleide que tomaram banho e deixaram o box cheio de areia.

Jennifer que larga suas calcinhas de rendinha penduradas no registro do chuveiro.

É um torpedo sem dono que entope o vaso.

É Carol que leva meia hora no banho, é o banheiro todo molhado, é a pasta de dentes apertada no meio, é papel jogado fora da lixeira. 

Mas no dia seguinte de manhã estará tudo limpo de novo, graças a Tia Eunice.

A ninfetinha sedutora da casa de praia

As confusões da casa de praia

Um tipo que costuma frequentar as casas de praia e causar brigas também é a ninfetinha sedutora.

A ninfetinha aproveita que está com tudo em cima, para desfilar pela casa, de shortinhos, barriga de fora, enrolada em toalha e as demais mulheres da casa se enciúmam dos olhares dos seus maridos.

A variedade gastronômica da casa de praia

O cardápio da casa de praia é algo muito vasto e criativo, geralmente é composto de macarrão com salsicha, churrasco, miojo, macarrão ao alho e óleo, macarrão a bolonhesa, macarrão com ovo, frango assado e risoto. 

as confusões da casa de praia

O risoto é só um nome mais chique para arroz com sobras de ontem.

Aquele frangão que sobrou do almoço de ontem, já todo revirado e cutucado vai ser desfiado, misturado com arroz, milho, palmito, batata palha, ervilha, queijo ralado e vai ganhar o pomposo nome de risoto. 

A pizza de sardinha também é uma iguaria clássica da casa de praia, mas não entendo como pode ser pizza se não leva queijo.

A pizza de sardinha é uma massa de pão, com um molho de sardinha e tomate, sapecado em cima e levada ao forno.

 É no item comida que a maioria das confusões na casa de praia acontecem.

Arilson reclama que o macarrão dele está com pouca salsicha, Tia Selma reclama que Carol e Jennifer não ajudam na cozinha, almoçam e vão botar o rabo pra queimar na piscina, nem o prato lavam.

Mas…

…duas horas depois a cozinha toda está um brinco, graças a Tia Eunice. Santa Tia Eunice.

Quando acaba a cerveja da casa de praia…

Já no meio da viagem, o clima fica pesado e azeda de vez, quando acaba a cerveja.

Tio Oswaldo, que estava quieto até agora, manda o cunhado pra casa do caralho, pra ele enfiar a Bavária no rabo  dele. 

Janete diz que Carol fica esfregando a bunda na cara do marido dela o dia todo.

Tia Selma diz que Arilson não levanta a tampa do vaso pra mijar e não dá descarga.

Tia Eunice (a santa) até então calada, diz que ninguém faz nada, não lavam nem o copo que bebem água, que ninguém dividiu o dinheiro do caminhão pipa. 

Tia Eunice passa mal de pressão alta, tio Oswaldo corre para socorrer a patroa, mas não sem antes mandar todos a puta que os pariu e dizer que não convida mais ninguém pra sua casa…

Até o próximo feriado Tio Oswaldo.

Até

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.